Rádio Líder do Vale - 24hs ao vivo - Aperte o Play e escute ----->>>
Pubicado em: qua, jan 30th, 2019

Agentes da Saúde visitam residências para verificar vacinas

Esteio – Desde o sábado, 26, duplas de agentes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estão realizando uma ação de monitoramento em sete áreas de Esteio. O objetivo é avaliar a cobertura vacinal contra poliomielite e contra o sarampo (tríplice viral ou tetra viral) de crianças de seis meses a cinco anos, através de visitas nas residências. Na manhã de quarta-feira, 30, eles trabalharam na Vila Cruzeiro, na extensão da Rua Quaraí.

Os agentes estão identificados com coletes e crachás da Vigilância Sanitária. Quando elas encontram uma criança, entre seis meses e cinco anos, em algum domicílio, verificam o comprovante de vacinação e fotografam a parte interna da carteira (onde constam as doses aplicadas). Em situações em que não existe o registro vacinal na residência, os agentes solicitam dados pessoais, como o nome da criança, data de nascimento e nome do responsável, para que possa ser feita a verificação da situação vacinal dela no sistema do Programa de Imunização do Município.

O motivo para agentes de combate à dengue estarem conduzindo a ação é que o Protocolo de Monitoramento Rápido para cobertura vacinal, emitido pelo Ministério da Saúde em setembro de 2018, preconiza que a coleta de dados seja realizada por equipes que não sejam da mesma área, com o objetivo de garantir a imparcialidade durante a coleta dos dados. Dessa forma, é aproveitado o fato que os agentes de combate a dengue circulam em toda a cidade durante suas visitas para fiscalização e combate ao mosquito Aedes Aegypti para também verificar a situação vacinal das crianças, sem precisar deslocar os agentes comunitários de saúde.

Entre os bairros já visitados, estão Jardim Planalto, Parque Primavera e Ezequiel. Faltam, ainda, a Vila Cruzeiro, Vila Esperança e Claret, além de retorno à Pedreira e à Votorantim para completar as vistorias. De acordo com a agente de combate à dengue Joice Oliveira, nesta época muitas famílias estão em viagens de férias, logo muitas das vistorias não têm êxito. “Nossa meta é, em cada bairro, conseguir 50 carteiras de vacinação, totalizando 350 crianças. Nossas equipes têm até o dia 18 de fevereiro para garantir esse número”, disse.

A coordenadora do Programa de Imunização do Município e responsável pela vistoria, Viviane Belleboni, informou que a atividade é recomendada pela Organização Panamericana da Saúde (Opas). “O resultado deste monitoramento incentiva a tomada de decisão sobre a definição ou redefinição de estratégias adicionais de vacinação, visando melhorar as coberturas vacinais e sua homogeneidade”, explicou.

Em Esteio, no mês de setembro de 2018, a campanha nacional de imunização contra a poliomielite e o sarampo atingiu a meta de vacinar 95% do público-alvo previsto pelo Ministério da Saúde. Foram 3.942 doses contra a pólio aplicadas (95,24% de cobertura) e 3.945 contra o sarampo (95,31% do grupo prioritário).