Rádio Líder do Vale - 24hs ao vivo - Aperte o Play e escute ----->>>
Pubicado em: ter, maio 8th, 2018

Limpeza de focos de lixo de Sapucaia custa mais de R$380 mil por ano

Pelo menos uma vez por semana, a Secretaria Municipal de Serviços e Mobilidade Urbana de Sapucaia do Sul limpa um foco de lixo na Avenida Mauá, Centro. Na última limpeza do foco, foram recolhidos galhos, restos de construção e móveis velhos, que encheram quatro caçambas de caminhão. Infelizmente, o local não fica limpo por muito tempo, pois algumas pessoas tornam a depositar resíduos ali. A mesma situação se repete em outros pontos da cidade.
A falta de consciência ambiental, e também de educação, custa caro para a Prefeitura, que gasta cerca de R$ 350,00 cada vez que limpa aquele espaço na Mauá. São R$1,4 mil por mês e R$16,8 mil por ano. Só que este não é o único foco de lixo de Sapucaia, e alguns, maiores e mais distantes da Central de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Construção Civil, custam ainda mais. Com este serviço de recolhimento de entulhos, a Prefeitura gasta aproximadamente 32 mil ao mês, e mais de 380 mil por ano, que poderiam ser investidos em tapa-buraco ou manutenção e embelezamento das praças.

Multa: Quem joga lixo, galhos, móveis velhos ou restos de construção em áreas públicas ou em terrenos baldios está cometendo uma infração e está sujeito a multa. Esta fiscalização é feita pela Prefeitura, através do Grupo de Ação Integrada Ambiental – GAIA. Mas para que haja a autuação, é necessário que quem estiver descartando o lixo seja pego em flagrante. As denúncias devem ser feitas através dos telefones 153 (Plantão 24 horas – Guarda Municipal); 3452-7358 (Secretaria de Meio Ambiente); 0800-6442111 (Ouvidoria, apenas para telefone fixo) e 3451-8053 (Ouvidoria).

Onde descartar seu lixo – Quem estiver construindo ou realizando alguma reforma, deve contratar uma empresa de locação de papa-entulho para realizar o descarte. Já pequenas quantidades de materiais de construção, móveis velhos, galhos e ramos, podem ser levados para a Central de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Construção Civil da Prefeitura, localizada na Av. Theodomiro Porto da Fonseca, Bairro Ipiranga. A Central funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Lixo eletrônico, como peças de computadores e eletrodomésticos, deve ser levado para a Cooperativa de Catadores Cooprevive, na Rua das Mãos Dadas, nº 490, Bairro Novo Horizonte, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Os sapucaienses, que não moram nos bairros onde passa o caminhão da Coleta Seletiva, também devem levar seu lixo reciclável, como papel, metal, vidro e plástico, na Cooprevive. Pilhas, baterias e lâmpadas devem ser levadas às lojas onde foram compradas.