Rádio Líder do Vale - 24hs ao vivo - Aperte o Play e escute ----->>>
Pubicado em: ter, abr 3rd, 2018

Com programa PIA, estudantes retomam atividades em turno integral

Terminada a aula da manhã, um grupo de alunos do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental do Centro Municipal de Educação Básica (CMEB) Edwiges Fogaça de Esteio permaneceu no prédio da escola. Eles participaram, na tarde desta terça-feira (3), da retomada das oficinas no turno inverso, promovidas pelo Programa de Incentivo à Aprendizagem (PIA), projeto da Secretaria Municipal de Educação (SME), custeado com recursos próprios pela Prefeitura. Neste primeiro dia, os estudantes participaram de uma aula de Arte e Cultura e de Raciocínio Lógico e Matemático.

O PIA será implantado em todos os CMEBs de Esteio, em substituição ao programa Mais Educação. O Governo Federal, que dava os recursos para a execução do projeto, fez alterações nos critérios que definiam as cidades que poderiam receber verbas da União para realizar o Mais Educação, deixando Esteio de fora. Para evitar que os alunos ficassem sem as aulas no turno inverso, a Prefeitura decidiu investir recursos próprios no PIA. Serão cerca de R$ 368,5 mil neste primeiro ano.

Além do CMEB Edwiges Fogaça, também iniciaram o projeto nesta terça-feira os CMEBs Alberto Pasqualini, Paulo Freire, Luiza Fraga e Oswaldo Aranha. Nesta quarta-feira (4), o PIA terá início nos CMEBs Eva Karnal, Flôres da Cunha e Vitorina Fabre, enquanto na quinta-feira (5) acontecem as primeiras oficinas no João XXIII e no Maria Lygia. Érico Veríssimo e Vila Olímpica começam o PIA na segunda-feira (9). Os demais CMEBs ainda estão definindo quando iniciarão as atividades do projeto.

Os objetivos do Programa de Incentivo à Aprendizagem são qualificar a aprendizagem, desenvolver a autonomia, a autoestima, o protagonismo juvenil e o exercício da cidadania. O público-alvo são estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental com dificuldades de aprendizagem, em situação de vulnerabilidade ou beneficiários do Bolsa Família. Com base nestes critérios, as instituições de ensino fizeram uma pré-seleção dos potenciais participantes para o projeto e estão finalizando as inscrições dos alunos. O número de participantes vai variar em cada instituição.

Os estudantes vão acompanhar as oficinas, com carga horária de quatro horas, no turno inverso ao período de estudo. As oficinas vão das 8h às 17h, ampliando o horário de atendimento que havia no antigo Mais Educação, que ia das 9h às 16h. Os mediadores pedagógicos, contratados por uma empresa terceirizada, vão conduzir oficinas de raciocínio lógico/matemático, oralidade, escrita e leitura, introdução à metodologia científica e humanidades. Oficineiros selecionados pela SME, conforme indicação das escolas, por sua vez, ficarão responsáveis pelas atividades de esportes e recreação, atletismo, música, dança e teatro. Cada CMEB definirá quais práticas irá oferecer. Pais ou responsáveis poderão acompanhar a participação dos alunos pelos registros que serão feitos no EducaWeb, sistema de gestão escolar da SME que integra as informações de todas as escolas da rede municipal de ensino.

 

Sobre o Programa de Incentivo à Aprendizagem

O Programa de Incentivo à Aprendizagem (PIA) é uma iniciativa da Prefeitura de Esteio para proporcionar atividades no turno inverso ao de aulas aos alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental dos centros municipais de Educação Básica (CMEB). O público-alvo são estudantes com dificuldades de aprendizagem, em situação de vulnerabilidade ou beneficiários do Bolsa Família.

Entre as oficinas oferecidas estão atividades relacionadas ao aprendizado, como raciocínio lógico/matemático, oralidade, escrita e leitura, introdução à metodologia científica e humanidades, e outras ligadas a atividades físicas e culturais, como esportes e recreação, atletismo, música, dança e teatro. Em 2018, a Prefeitura Municipal vai investir, com recursos próprios, cerca de R$ 368,5 mil para viabilizar o projeto.