Pubicado em: qui, dez 7th, 2017

Sapucaienses têm teste gratuito de HIV em ambulatório e postos de saúde

Dezembro Vermelho

Dezembro é o mês dedicado à Campanha Nacional de Prevenção ao HIV/Aids, mas em Sapucaia do Sul a preocupação com o diagnóstico precoce e a prevenção da transmissão da infecção também ocorre nos outros 11 meses do ano. O Teste Rápido para HIV é oferecido gratuitamente, por livre demanda, no Ambulatório de Infectologia e em todos os postos de saúde da cidade. Ações descentralizadas também são frequentes, levando o teste às comunidades durante eventos.

O secretário municipal de Saúde, Neio Lúcio Pereira, destaca que Sapucaia é o 12º município com maior índice de HIV no Rio Grande do Sul, conforme dados preliminares do Ministério da Saúde. “Éramos o 6º no Estado. A incidência caiu, mas os números ainda são preocupantes. O diagnóstico precoce é muito importante, por isso oferecemos o Teste Rápido de forma descentralizada nas unidades básicas de saúde, além do Ambulatório, que é referência. Também estamos trabalhando ativamente na busca ativa, por meio de ações nos bairros”, disse o secretário.

De janeiro a novembro deste ano, 3.120 Testes Rápidos de HIV foram realizados no Município. Destes, 1.714 foram feitos nos postos de saúde, 845 no Ambulatório de Infectologia e 561 em ações em eventos. O teste é gratuito e totalmente sigiloso, e leva apenas 15 minutos para o resultado ser conhecido.

Mesmo com o serviço descentralizado, o Ambulatório é referência no Município para o tratamento do HIV.  No caso de resultado positivo para o vírus, o paciente é encaminhado para consultas com um enfermeiro e um médico infectologista, para realização de exames e acompanhamento psicológico. O local também conta com uma farmácia, onde os pacientes têm acesso à medicação. Atualmente, 789 adultos, sendo sete gestantes, e 11 crianças realizam tratamento com uso de medicação no Ambulatório.

Além de testagem e tratamento, os sapucaienses também têm acesso à Pep Sexual no Ambulatório. O medicamento  é uma forma de prevenção da infecção pelo HIV, e deve ser tomado até 72 horas após a possível exposição ao vírus. O tratamento é de 28 dias, sem interrupção, com orientação médica.

O Ambulatório de Infectologia fica na Rua Sete de Setembro, nº35, Santa Catarina. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, mas os Testes Rápidos de HIV e de outras infecções sexualmente transmissíveis são feitos das 8h às 12h e das 13h às 16h. Mais informações no telefone 3453-7002.  Nos postos, os exames são realizados no horário de atendimento das unidades.