Pubicado em: qui, nov 9th, 2017

aúde de Porto Alegre emite alerta sobre cuidados em acidentes com escorpião amarelo

Um alerta epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde emitido nesta quinta-feira (9) informa sobre a existência do escorpião amarelo em Porto Alegre e para os cuidados em caso de picadas. Em outubro, uma criança de 5 anos foi atendida no Hospital de Pronto Socorro (HPS) após ser picada no bairro Lomba do Pineiro. O tratamento foi realizado com êxito, conforme a prefeitura.

O documento da Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde (CGVS) avisa sobre os cuidados e atenção aos atendimentos devidos a acidentes com o animal.

De acordo com o alerta epidemiológico, em casos de acidentes com escorpião a vítima deverá ser encaminhada imediatamente para o HPS. O atendimento deverá seguir classificação de risco vermelha e, se necessário, buscar orientação junto ao Centro de Informação Toxicológica da Secretaria Estadual de Saúde (CIT/RS), por meio do telefone 08007213000 (ligação gratuita).

O documento enfatiza, ainda, a obrigatoriedade do preenchimento da Ficha de Notificação Compulsória, com ou sem uso de soro antiescorpiônico.

O escorpião amarelo costuma habitar locais frescos e escuros, em frestas de parede, pedaços de madeira, restos de consção, entulhos, ralos, esgotos, caixas de gordura, tanques, encanamentos, caixas com verduras, legumes e frutas, sapatos, roupas, camas, travesseiros, cortinas. Ele se alimenta de baratas.

No caso de visualização do animal, a orientação é evitar o contato e informar a localização através do telefone 156, da prefeitura.6009898363_9178510721_b