Pubicado em: qui, ago 24th, 2017

56 painéis serão produzidos por grafiteiros do RS

O primeiro dia de trabalho na criação do Museu Aberto de Arte Urbana de Esteio (MAAUE) encerrou com vários trabalhos adiantados e até mesmo algumas obras prontas. Quem passou pela Avenida das Américas no final da tarde de sexta-feira, 18, já pode ter uma ideia de como vai ficar o grande painel que dará um novo aspecto ao muro lateral do Cemitério 2 de Novembro, no Bairro Santo Inácio. Muita gente aproveitou o belo entardecer que fez em Esteio para prestigiar o trabalho de grafiteiros de diferentes cidades do Rio Grande do Sul e de outros estados brasileiros. “Está ficando muito bom. Estou impressionada com a beleza das artes que estão sendo feitas aqui. Esse projeto dará uma nova vida ao bairro”, comentou a estudante Cristina Pires, 26 anos.

O projeto da Prefeitura de Esteio, coordenado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer (SMCEL) com apoio das secretarias municipais de Obras e Serviços Urbanos (SMOSU) e da Educação (SME, tem apoio da Redemac Esteio, que doou parte das tintas para preparação do muro. Quem for conferir o trabalho dos artistas até domingo pode aproveitar também a gastronomia dos food trucks que estacionaram na Avenida das Américas.

Os 56 painéis serão produzidos por grafiteiros de cidades como Pelotas, Bento Gonçalves e Passo Fundo, além de Pernambuco e São Paulo, entre outras. O projeto conta com apoio do grafiteiro esteiense Nasa Grafite. Cada artista poderá executar sua obra com tema livre, no entanto, os trabalhos não poderão conter conotação política, ou caracterizar ofensa, preconceito ou qualquer tipo de discriminação. A maioria dos painéis tem 15m².20170820_CrisFranco_MseuAberto_0009