Pubicado em: seg, jun 26th, 2017

Estudantes sapucaienses receberam o escritor Fabrício Carpinejar

A temática do bullying foi trabalhada de forma divertida e criativa pelos estudantes da escola municipal Alfredo Juliano, em Sapucaia do Sul. Os alunos do 1º e 3º ano da instituição receberam na tarde de segunda-feira, 26 de junho, o escritor Fabrício Carpinejar durante a atividade Hora do Conto. O convidado conversou com os estudantes sobre como foi escrever o livro “Filhote de Cruz-Credo: A triste história alegre de meus apelidos”.

A obra foi estudada por eles durante as aulas de português dentro do projeto “Conte Outra Vez: Ler é vivenciar o inimaginável”. A iniciativa partiu da professora Gabriela Larratea, idealizadora do projeto e quem apresentou a obra às crianças. A história quase autobiográfica apresentada pelo livro de Carpinejar trata da prática do bullying, uma implicância comum entre as crianças, que é narrada com humor, sem, no entanto, maquiar a angústia que ela causa.
O prefeito de Sapucaia do Sul, Dr. Luis Rogério Link, recepcionou o escritor e falou da importância de se falar sobre o bullying desde cedo. “A história do livro é muito divertida, às vezes triste, mas faz as crianças pensarem e, é desde cedo, que formamos os nossos valores”, disse Dr. Link. A atividade contou, também, com a presença do secretário municipal de Educação, Luciano Rodrigues.
A aluna do 3º ano da escola, Sara Aniele de Figueiredo Reis, 9 anos, estava entusiasmada em poder conhecer de perto o autor do livro que tanto gostou. “Achei a história muito engraçada e adorei conhecer ele. Achei que ele fosse diferente. Gostei muito de conhecê-lo”, disse.