Pubicado em: sex, nov 21st, 2014

Feira de Ideias movimenta escola Otaviano Silveira

Feira de Ideias movimenta escola Otaviano SilveiraSapucaia - Durante a tarde de sexta-feira, 14, o ginásio da Escola Municipal Otaviano da Silveira recebeu os resultados das pesquisas e projetos realizados em aula ao longo de 2014.
Quem foi até a Feira, assistiu a apresentação de trinta trabalhos, realizados por estudantes da pré-escola ao 9º ano, dentro do tema “Compartilhando Conhecimentos na Semana da Consciência negra”. Entre os convidados estava o secretário municipal de Educação, Luciano Rodrigues. O secretário assistiu as apresentações e conversou com os estudantes.
“O mais importante de atividades como esta é o despertar da curiosidade e o fomento à iniciação científica. A partir de feiras como esta, há o interesse para a aquisição de novos conhecimentos e a busca pela pesquisa. A direção da escola está de parabéns por oportunizar aos alunos mais este espaço de ensino e aprendizagem”, ressaltou Rodrigues.
As estudantes do 5º ano A, Ana Lívia dos Santos Garcia, 11, e Maria Eduarda de Moura Soares, 11, estavam entusiasmadas para apresentar o resultado de suas pesquisas ao secretário de Educação. Um grande painel ilustrava o estande do grupo, que contemplava máscaras africanas, que os nativos usavam em festas de nascimento, enterro, casamentos, plantios e colheitas. “O mais interessante do trabalho foi descobrir coisas novas. Que eu nem imaginava que existia”, disse Maria Eduarda. Já a turma do Pré II apresentou o Projeto Arca de Noé e falou sobre os animais em extinção. A partir daí, refletiu-se sobre o preconceito na natureza entre o reino animal e as pessoas.
De acordo com a diretora da escola, Darlene Lemos dos Santos, o objetivo da feira é incentivar a pesquisa e a curiosidade, além de promover um espaço de divulgação das produções dos estudantes. “Estamos muito satisfeitos com o resultado, por que todos os alunos se envolveram no projeto e aprenderam coisas novas”, disse.
Os trabalhos apresentados foram avaliados pelos próprios alunos, professores e visitantes, segundo os critérios de originalidade, relevância do tema e postura dos estudantes. Ao todo serão premiadas com medalhas 10 pesquisas, sendo cinco da pré-escola ao 5º ano, e cinco do 6º ao 9º ano.