Pubicado em: qui, ago 8th, 2013

Radar do Líder

Radar

Hotéis para pets apostam em mimos e trato caseiro para atrair clientes no RS
Transformar a paixão pelos animais em negócio foi a ideia de dois casais de empresários de Porto Alegre que viram no mundo animal uma oportunidade extremamente lucrativa. Com tocas suspensas, grandes áreas verdes, espaços exclusivos e até projeto para abrigar também os donos, dois hotéis dedicados aos bichos de estimação fazem dos mimos e do atendimento personalizado um diferencial.
Maria Angélica Pires, de 44 anos, e Sérgio Paim, 50, dedicam a vida ao convívio e adestramento de cães. E foi a partir desta relação que eles resolveram investir as economias em um hotel fazenda 100% dedicado aos bichinhos de estimação. Existente há 16 anos, o Dog’s Village Hotel Fazenda é um complexo de cinco hectares em um sítio de Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre.
O local oferece aos animais todo o conforto de um hotel fazenda de alto nível.

Homem encontra cobra de quase 4 metros em casa
Um homem na Flórida encontrou uma cobra Píton albina da Birmânia de quase quatro metros escondida sob caixas organizadoras. Luiz Eduardo Avendano diz que estava trabalhando e foi buscar algo no quarto quando encontrou a cobra.
Pensou que era um trapo de pano e foi tirar do caminho.
Avendano foi atendido pela Equipe de Resposta a Envenenamentos do Corpo de Bombeiros de Miami.
Foi preciso que cinco homens carregassem a cobra de 45 quilos para fora do depósito.
A Píton da Birmânia é uma das maiores espécies de cobras do planeta, mas ainda não se sabe como essa chegou à casa do homem.

Canadense é multada por não ter valor exato de passagem de ônibus
A canadense Pauline Tantost, de 24 anos, foi multada em 219 dólares canadenses (R$ 482) porque não tinha o valor exato da passagem de ônibus em Montreal e tentou pagar com uma cédula de cinco dólares canadenses – a passagem custa três.
O incidente ocorreu na noite de última sexta-feira. A jovem voltava com o filho de dois anos de um hospital infantil após levar a criança para tratar uma infecção.
Quando embarcou no ônibus às 22h, ela disse ao motorista que não tinha o valor exato da passagem, apenas uma nota de cinco.
Ela entregou o dinheiro ao motorista, mas ele recusou, dizendo que só aceitaria o valor exato. O motorista ainda disse que ela seria multada por fiscais se ficasse a bordo, sem o comprovante de pagamento.
Como estava tarde, Pauline ficou no ônibus e se sentou atrás do motorista, segurando sua cédula de cinco dólares canadenses.
Pouco tempo depois, dois fiscais entraram no ônibus e a multaram porque ela estava sem o comprovante de pagamento.
Indignada, Pauline entrou com uma queixa na Sociedade de Transportes de Montreal (STM).

Americana é presa por fraude após pagar festa surpresa para chefe
A americana Ruth C. Amen foi presa em Boca Grande, no estado da Flórida (EUA), depois que pagou uma festa de aniversário para seu chefe com dinheiro que havia desviado da própria empresa.
De acordo com a polícia do departamento do condado de Lee, a mulher de 46 anos era responsável pelas finanças da empresa, tais como faturamento e folha de pagamento.
Por causa da festa surpresa de aniversário, o chefe acabou descobrindo que ela estava fraudando a empresa.
Após uma auditoria, funcionários descobriram que Ruth tinha usado quase US$ 92 mil (R$ 185,3 mil) da empresa para pagar sua dívida pessoal de cartão de crédito.

Fabrício Carpinejar é agredido por pedestre durante gravação de TV
O escritor, colunista e apresentador Fabrício Carpinejar, 40 anos, foi vítima de uma agressão na tarde de segunda-feira, 5, em Porto Alegre, enquanto participava de uma gravação para um programa de TV.
Segundo o escritor, o incidente ocorreu no final da tarde na esquina da Rua Carazinho com a Avenida Protásio Alves, no bairro Petrópolis, onde ele e uma equipe entrevistavam pedestres para um quadro DR na TV, do programa TVCOM Tudo Mais.
“A gente tinha acabado de terminar a gravação quando vimos um sujeito nos filmando com um tablete. Nos aproximamos dele para conversar e, de repente, ele veio para cima de mim com socos e pontapés”, conta Carpinejar, que foi atingido por alguns golpes, mas sofreu apenas escoriações.
O agressor tentou fugir, mas foi detido por policiais da Brigada Militar que estavam nas proximidades. Segundo testemunhas, ele apresentava sinais de embriaguez. Um Boletim de Ocorrência foi registrado no local, e o homem liberado. O motivo da agressão não foi esclarecido. A advogada do agressor disse à polícia que o homem estaria com problemas emocionais.