Pubicado em: qui, mai 2nd, 2013

Tecnologia: Hospital de Clínicas terá cirurgião-robô a partir de julho

Um novo sistema de cirurgia robótica chega em julho ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre e promete trazer avanço tecnológico a cirurgia geral feita em solo gaúcho.  Adquirido com recursos próprios a um custo aproximado de R$ 7 milhões, o equipamento chamado Da Vinci, da empresa Intuitive, será empregado, inicialmente, apenas em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Se tudo correr conforme o previsto, a primeira cirurgia deve ocorrer em 16 de agosto, sob supervisão de um americano.

Ao contrário do que se pode imaginar, o robô não opera sozinho: ele recebe os comandos do médico, repetindo seus movimentos diante do paciente. A unidade robótica só funciona quando há um cirurgião operando no console, que pode ficar dentro da sala cirúrgica ou à distancia, via internet. Sempre ao lado do paciente há um cirurgião habilitado a operá-lo, no caso da necessidade de cirurgia convencional. Caso o médico retire o rosto do visor do robô, a operação é interrompida de forma automática.

Com a inovação, a meta do hospital é investir em treinamento de novos médicos, além de agregar mais precisão às cirurgias.

O robô-cirurgião chega a Porto Alegre em 90 dias. Mas os profissionais do hospital-escola já estão recebendo treinamentos em um simulador robótico, muito parecido com a unidade real. Ele veio dos Estados Unidos, e para saber operá-lo, profissionais da instituição recebem treinamentos que incluem simulações e testes virtuais.