Pubicado em: sex, abr 5th, 2013

seu olinto

ABRILINDO EM PLENO OUTONO

 

Já que poetar é meu lema,

Meu encanto, minha quimera…

Eu aguardo a Prima Vera,

Abrilendo o meu poema!

 

Eu vejo outono passar

Em compasso de espera,

Pra que venha a Prima Vera,

Abrilábios a cantar!

 

Com prazer eu me emociono,

Por ter visto entrar outono,

Vinte de março… abrilindo…!

 

Cultivando os meus amores,

Pra que o período das flores

Logo após, seja bem-vindo!